Listamos os 9 principais perigos para o seu pet, fique atento!

Os pets são membros da família e muitas vezes tratados como verdadeiros bebês. Mas, assim como temos alguns cuidados com os pequeninos devemos ficar atentos com os cães. Alguns objetos, aparentemente inocentes, podem ser perigosos para os animais e devem ser evitados antes que causem algum problema ao animal. Existem também itens de uso obrigatório que fora da regulagem padrão causam insegurança. Listamos 9 principais perigos para o seu pet para que você possa preservar e até salvar seu cão.

Guias retráteis

Este tipo de guia, ensina maus hábitos ao seu pet, pois ao perceber que ele pode puxar e tensionar a guia durante a caminhada, ele achará que está no comando. Fora os hábitos ruins, estes equipamentos podem causar sérias lesões no animal e a quem o conduz. Se você já tem este item, tenha muita atenção durante o passeio, se o seu cão for hiperativo, ele e você correm riscos.

Tamanho da coleira

A coleira do seu pet deve ter o tamanho ideal, não ser maior ou menor. Coleiras menores podem machucar o pescoço do seu cão, já as maiores, além de saírem com facilidade, pode enroscar em algum objeto e causar o enforcamento do animal. É comum também que o cachorro coloque uma pata ou o maxilar dentro da coleira e não consiga retirar, causando fraturas e torções. Fique atento, a coleira nunca deve ter mais do que 4 dedos de distância do pescoço do seu melhor amigo.

Alimentos

Alimentos como pão, carne e derivados do leite podem causar alergias intensas aos cachorros. Não ofereça estes alimentos ao seu pet, priorize alimentos fabricados para eles como as rações. Preste atenção também para o danadinho não roubar alimentos da cozinha, tire tudo do alcance deles.

Materiais de limpeza

Mantenha o seu pet afastado da lavanderia ou de qualquer outro local com materiais de limpezas e produtos químicos, alguns componentes destes itens são letais e o seu cão também pode ser alérgico há outros.

No quintal também há perigos, diversas plantas e flores são venenosas, evite plantá-las ou faça um cercadinho para que o animal não tenha acesso.

Ossos de couro

O material de composição deste brinquedo não é digerido pelo organismo do cachorro quando ingerido em pedaços muitos grandes, além de conter elementos químicos como formaldeído e arsênico. Costuma causar problemas como diarreia, gastrite, vômitos, engasgos e obstrução intestinal.

Tomadas

Cães são naturalmente curiosos, gostam de cheirar e mordiscar. Coloque protetores ou mantenha as tomadas ocultas, ao lamber essas fontes de energias, seu pet pode ser eletrocutado.

Fios e cabos

Você provavelmente já ficou muito bravo por seu animal ter mordido algum fio ou cabo importante, mas você já pensou nos riscos que ele correu? Além do choque, a composição destes objetos pode causar problemas aos cães.

Lixo

Voltamos a curiosidade, os cães gostam de mexer no lixo para brincar e para procurar algo que os agrade. Porém essa brincadeira, além da bagunça, pode ser perigosa. O lixo contém bactérias e microrganismos que podem fazer muito mal aos pets, além de alimentos podres, em mau estado e também vermes. Mantenha o lixo fora do alcance do seu pet.

Brinquedos

Além dos ossos de couro, outros brinquedos podem ser perigosos. Brinquedos que ele possa comer os pedaços ou engolir o enchimento, como os de pelúcia, podem causar engasgos e sérios problemas intestinais que pode levar o seu pet para a mesa de cirurgia.

Agora que você conhecer os principais perigos para o seu pet, fique atento e seu cão estará ao seu lado por longos anos.