Cuidados com os cães no verão ajudam a manter o seu pet saudável

Com o aumento das temperaturas no verão, logo damos um jeito de nos refrescar. Roupas mais leves, bebidas geladas, maior frequência de banhos, entre outros. Mas poucas pessoas se atentam aos cuidados com os cães no verão, com pelagens grossas e fechadas, os pets também sofrem com o calor intenso e seus responsáveis devem fazer o possível para ajudá-los a enfrentar essas dificuldades.

Sem glândulas de suor, os cães não conseguem diminuir suas temperaturas corporais assim como os humanos, e para aliviar o calor ficam com a boca aberta, ofegando. Esse ato permite que o ar frio entre e resfrie seu corpo. Fique atento a esse sinal, quanto mais ofegante, mais calor o pet está sentindo. Em casos extremos, os animais podem ter febres altas, taquicardias ou mesmo vômitos, esses são sintomas de insolação e pedem uma ida com urgência ao veterinário.

Para te ajudar nos cuidados com os cães no verão, fizemos uma lista com as principais formas de mantê-los seguros.

  1. Mantenha o bebedouro com água fresca. Se possível troque a água mais de uma vez durante o dia. Em casos de passeios ao ar livre, você deve levar água para o seu cão. Não espere que no local existam fontes disponíveis.
  1. Por falar em passeios, prefira os momentos mais frescos e locais com sombra. Verifique também a temperatura do piso, o calor excessivo pode queimar as patas do pet.
  1. Passeios de carro também pedem atenção. Em hipótese alguma deixe o animal preso no carro, mesmo com os vidros semiabertos.
  1. Tosa: opte pela saúde do seu cão ao invés da beleza. A pelagem menor pode ajudá-lo a enfrentar o verão.
  1. Se você mora em regiões muito quentes deve evitar as raças de inverno como o Husky Siberiano, Bernese, entre outros. Outras raças que sofrem risco de doenças no calor são os de focinho achatado – boxer, buldogue, pug, etc – pois esses possuem traqueias menores do que o normal, chegando a falecer se expostos ao calor.
  1. O cachorro deve ficar em área que possua sombra, além da casinha. Os animais precisam de uma área de refúgio durante as horas mais quentes do dia.
  1. Se você tiver piscina no quintal, mantenha os animais afastados dela. É perigoso que eles entrem na água para se refrescar e não consigam sair.